bacoccini

Projeto Arquitetônico

“O Shopping Atuba é um empreendimento que retrata o crescimento da região norte da cidade.

A proposta inicial  dos empreendedores, contemplava um centro comercial no entorno de uma praça central descoberta. Porém, o ritmo de crescimento da região que encontra-se em  grande expansão imobiliária, conduziu o empreendimento a uma remodelagem de modo a transformá-lo em um Shopping Center.

Planejado através de análises das necessidades da região, o Shopping Atuba, foi projetado por uma equipe multidisciplinar escolhida criteriosamente dentre  profissionais de Curitiba que desde o inicio visaram atender especialmente as características do público da cidade com suas tendências e costumes .

O partido arquitetônico utilizou estilo clássico com linhas simples, buscando a simpatia da comunidade e com principal característica de trazer bem estar aos usuários que podem encontrar espaços de convívio, serviços e comércio agregados em um mesmo local. As fachadas em particular mereceram, especial atenção visando agregar valor ao entorno do empreendimento e valorizar a região.

A distribuição das lojas segue a tipologia encontrada em eficientes centros de compras, alternando corredores largos com circulação contínua , facilitando e induzindo os usuários a visitar todos os espaços naturalmente.

O projeto baseou-se em conceitos que favorecem a iluminação natural aliada à criação de jardins internos, o que além de garantir um espaço multifuncional fechado e seguro, cria um ambiente interno agradável ao Shopping Atuba, eliminando a sensação de clausura comum a ambientes fechados com a integração da paisagem externa. A implantação de um lounge externo, contíguo à Praça de Alimentação, cria um jardim suspenso com uma bela vista panorâmica, oferecendo aos usuários um ambiente agradável para o convívio.

Utilizando conceitos sustentáveis adotou uma postura ambiental correta, explorando a luz natural e a utilização de lâmpadas de LED, separação e correta destinação do lixo, acesso exclusivo para ciclistas e bicicletário na garagem com infraestrutura para recarga de bicicletas elétricas, vagas destinadas a recarga de carros elétricos, reaproveitamento de água de chuva, dispositivo de contenção de cheias, e outras tecnologias de última geração. Com isto, além de proporcionar bem estar aos ocupantes, traz benefícios econômicos ao empreendimento e lojistas e um impacto positivo sobre o meio ambiente.

Além das lojas, foi constatada em pesquisas, a carência de espaços destinados a serviços médicos  na região, assim decidiu-se criar um  pavimento exclusivo para utilização por profissionais de saúde, com amplo hall de estar para atender todos os consultórios. Este espaço, que funciona independente dos horários de funcionamento do shopping, usufrui da comodidade de estacionamento que o Shopping Atuba oferece.”

 

- Luiz Bacoccini, Bacoccini Arquitetura

flavio egydio

Projeto Paisagístico

” O projeto de Arquitetura Paisagística apresenta um desenho contemporâneo que remete à vida dinâmica da atualidade, ao mesmo tempo que apresenta traços regionais ao recuperar o uso da vegetação local na composição. A experiência do usuário é valorizada oferecendo tanto áreas externas para contemplação e interação com a vegetação, quanto áreas internas que provocam a percepção, possibilitando que as pessoas usufruam do espaço e do seu tempo da melhor maneira possível.

A área externa tem como principal ponto de inspiração as linhas dinâmicas e ritmadas, solução encontrada para adequar o desnível natural do terreno ao espaço público, priorizando, sempre que possível, a inserção da vegetação nativa nos espaços de canteiros e entre os taludes gerados pela implantação do empreendimento. O ritmo variado entre diferentes portes de vegetação nos canteiros junto às calçadas evita a monotonia e torna o caminhar mais interessante. Esta decisão busca contribuir com uma imagem moderna, contemporânea e arrojada do empreendimento.

A entrada principal é marcada por uma grande praça de recepção, que conduz o usuário ao interior do shopping, seja pelo desenho que se afunila até a porta de entrada, seja pela sensação de continuidade exterior-interior dos pisos. O acesso secundário, no lado oposto à entrada principal, menor e mais tranquilo com relação ao trânsito de veículos, é uma convite para usufruir dos equipamentos urbanos do entorno, como o Parque do Atuba. Se desejarem, os clientes do shopping poderão utilizar o serviço de locação de bicicletas, ou estacionar a própria bike no bicicletário localizado próximo a esse acesso.

A preocupação com a criação de um ambiente verde nas áreas internas do shopping foi sempre presente desde a concepção do projeto. A valorização da circulação vertical, inserindo vegetação junto aos apoios das escadas rolantes contribui para que o aspecto interno seja singular, marcante, vivo e idílico.

Para a praça de alimentação, notou-se a necessidade de criar ambientes claros e jovens, com diferentes níveis, alturas, materiais, cores e texturas, fazendo com que o usuário tenha uma percepção diferente de cada ambiente. O terraço integrado à praça de alimentação oferece uma percepção mais intimista ao explorar a vegetação no mesmo nível do piso em que o usuário se encontra. Não somente essa diferença de nível, como também as dimensões dos ambientes, as floreiras no mesmo nível do piso e os materiais escolhidos contribuem para a ambientação deste terraço, criando tanto áreas abertas e descontraídas quanto aconchegantes e introspectivas. O terraço de eventos, é o inverso, explora uma percepção com maior amplitude, deixando o espaço flexível para qualquer tipo de evento e instiga os visuais do entorno, como a Serra do Mar.”

 

- Flávio Egydyo de Carvalho, Egydio de Carvalho Arquitetura Paisagística.